Trabalhadores recepcionam deputados com manifestação: ‘Se votar reforma, não volta’

Os deputados federais voltaram de recesso nessa segunda-feira (05) e foram recebidos com manifestações contra a reforma da Previdência nos aeroportos de Brasília e do Rio de Janeiro. Com bandeiras, faixas e instrumentos, os manifestantes cantavam “se botar para votar, o Brasil vai parar”.

No aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, o ato foi organizado pela Frente Rio, que aglomera diversos movimentos sociais, e reuniu dezenas de pessoas que panfletaram e deram o recado para os deputados que partiam para Brasília. “Estamos aqui para convencer os deputados indecisos a votarem contra o texto da reforma, e também para informar a população”, explicou José Carlos Arruda, coordenador da Frente Rio e diretor do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Rio de Janeiro (SindJustiça-RJ)

Já na capital do país, a manifestação foi organizada pelo Fórum de Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) e pelo Fórum de Nacional Permanente de Carreiras Típicas do Estado (Fonacate), e contou com a presença de diversas outras entidades. Seus integrantes cantavam o mote “se votar, não volta. Ou para a reforma ou paramos o Brasil”.

“Nós deixamos bem claro aos deputados que não concordamos, não queremos a reforma da Previdência. Estamos pressionando os deputados e vamos fazer isso até o dia 19”. A CSP-Conlutas faz parte das mobilizações pela Greve Geral no dia 19 caso a reforma da Previdência vá para votação”, afirmou o diretor da Central Sindical e Popular (CSP-Conlutas), David Lobão.

 

Fonte:http://horadopovo.org.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *