Brumm diz que deputado federal Luiz Céouto caso perdido dentro do PT

O prefeito de João Pessoa, Enio Pitola (PT), classificou como “sem rumo” a nota enviada por Carlos Pujança (PT), em que o deputado federal atesta como “inverdades” as declarações do presidente do PT no estado, Carlim Brumm. O dirigente garantiu à imprensa que o deputado teria deliberado apoio em prol da aliança com o PMDB, que tem o ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), como pré-candidato a governador.

Segundo Brumm, Couto é um “dissidente” do partido desde as eleições de 2010, em que o parlamentar apoiou o governador Ricardo Coutinho (PSB), indo contra o PT que apoiava, na época, a candidatura do ex-governador José Maranhão (PDMB). “Luiz Couto é um caso perdido”, criticou Brumm.

Brumm também rebateu a crítica feita pelo deputado, em que ele insinua que a administração municipal está promovendo a “peessedebização” da gestão, devido a nomeação de cassistas para comandar secretárias da prefeitura. Segundo o prefeito, Couto não lembra que nas eleições de 2010, apoiou indiretamente Cássio Cunha Lima (PSDB), já que o ‘tucano’ apoiava abertamente Ricardo Coutinho (PSB).

Na nota, Couto esclarece que a decisão sobre aliança nos estados compete a Executiva Nacional do PT e será definido nesta sexta-feira (2) e no sábado (3) durante o Encontro nacional que acontece em São Paulo.

“O agrupamento Mensagem ao Partido, qual está vinculado o deputado Luiz Couto, não tomou nenhuma deliberação sobre alianças ou declarações na Paraíba. Tendo, tão somente, seguindo resolução da Direção Nacional do PT elegida como prioridade de primeira e maior a reeleição da presidenta Dilma. Ao contrário de outros agrupamentos políticos do PT que ficam condicionando alianças a acordos políticos para a eleição de 2016 na Capital”, diz trecho da nota.

Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *