Em 12 meses, o setor mais atingido foi a indústria de máquinas e equipamentos: -13,1%. Só no mês de março, foram demitidos 7.380 trabalhadores em SP, centro da indústria de transformação do país

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), no dia 16, divulgou a sua Pesquisa de Nível de Emprego referente a março.

Nos 12 meses entre março de 2014 e março de 2015, a indústria instalada em São Paulo demitiu 173 mil trabalhadores. São Paulo é o centro da indústria de transformação do país: 41% da indústria de transformação do país encontra-se neste Estado, o que faz com que sua participação no Produto Interno Bruto seja 32,1% (o segundo lugar, o Rio de Janeiro, tem, pela última edição das Contas Regionais, do IBGE, 11,5% do PIB)...

Anamatra denuncia que o PL "fere de morte garantias como isonomia salarial"

A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) reafirmou nesta segunda-feira, 20, a posição dos juízes do trabalho de todo o país contra o Projeto de Lei (PL) 4330/04, que permite a terceirização da mão-de-obra em todas as atividades...

A produção brasileira de aço bruto atingiu, em março, 2,8 milhões de toneladas, com queda de 7,4% em relação a igual mês do ano passado, de acordo com dados divulgados hoje (17) pelo Instituto Aço Brasil (IABr). Já a produção de laminados somou 2,3 milhões de toneladas, com aumento de 0,1% sobre março de 2014...

Crescimento foi na comparação com o mesmo período do ano passado.
Expectativa é que inadimplência encerre 2015 acima do patamar de 2014.

As empresas brasileiras encontraram mais dificuldade em quitar suas dívidas no primeiro trimestre, segundo dados da Boa Vista SCPC. A inadimplência cresceu 7,9% no período na comparação com os mesmos meses de 2014...

Entidades exigem redução dos juros, câmbio equilibrado e fim da cumulatividade de impostos

Centrais Sindicais (CGTB, Força Sindical e UGT) e 42 entidades empresariais, como Abimaq, Abiquim, Abigraf, Sindipeças e Aço Brasil, lançaram oficialmente, na segunda-feira (6), em São Paulo, o movimento Coalizão Indústria-Trabalho para a Competitividade e o Desenvolvimento. Trabalhadores e empresários denunciam os juros altos, câmbio sobrevalorizado, a cumulatividade de impostos e o arrocho sobre os trabalhadores como as principais causas da atual paralisia econômica...

O PL 4.330 significa a precarização dos direitos trabalhistas, uma vez que permite a terceirização de forma generalizada. Ele rompe com a rede de proteção trabalhista consolidada pela Constituição Federal e na CLT, como a aposentadoria, FGTS, férias, 13ª salário e outras. O projeto permite a contratação de serviços terceirizados nas chamadas atividades-fim (principal de uma empresa), sob os falsos argumento de especialização e aumento da competitividade...