Servidores do Estado protestam em frente à casa de Sartori, em Caxias do Sul

Grupo permaneceu em frente à residência do governador por cerca de 30 minutos com gritos de “fora Sartori” e “fora Temer”

Um grupo de servidores do Estado ligado ao Sindicato dos Técnicos Científicos do Rio Grande do Sul (Sintergs) protestou em frente à casa do governador José Ivo Sartori, em Caxias do Sul, por volta das 13h desta quinta-feira (9). O grupo, que também contava com estudantes, reclamava dos atrasos nos salários e do que considera falta de ações efetivas para combater a crise financeira do Estado.

 

A mobilização começou por volta das 11h na praça Dante Alighieri, no centro da cidade. Pouco antes do meio-dia, manifestantes de Porto Alegre chegaram em dois ônibus. A caminhada até a casa do governador começou por volta das 12h30min e durou cerca de 30 minutos. No caminho, os manifestantes pediam a saída de Sartori e do presidente Michel Temer, gritos que se repetiram em frente à residência.

 

O governo não faz o que tem que ser feito. Existem outros caminhos (para solucionar a crise do Estado), como a contestação da Lei Kandir. Ninguém ataca esses problemas. Estamos fazendo um ato simbólico na terra e na casa do Sartori para chamar a atenção de que o servidor não é culpado — disse o presidente do Sintergs, Nelcir André Varnier.

O grupo encerrou a manifestação por volta das 13h30min. Durante o ato não houve movimentação na casa de Sartori.

fonte: https://gauchazh.clicrbs.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *