José Luiz Martins
Dirigentes das Centrais reunidos na sede da Força Sindical, em São Paulo

Dilma receberá as Centrais durante "Marcha pela cidadania, desenvolvimento e valorização do trabalho" em Brasília

As Centrais Sindicais (CGTB, CTB, CUT, Força Sindical, Nova Central e UGT) realizaram na sexta-feira (08), mais uma reunião para preparar a "Marcha pela cidadania, desenvolvimento e valorização do trabalho", que será realizada no dia 6 de março, em Brasília. A Marcha terá como bandeiras: mudanças na política econômica; redução da jornada para 40 horas semanais; fim do fator previdenciário; reforma agrária; 10% do PIB para a educação; 10% do PIB para a saúde; regulamentação da Convenção 151 da OIT; ratificação da Convenção 158 da OIT; e uma política em defesa dos aposentados.

"Os presidentes das Centrais serão recebidos no dia 6 de março pela presidenta Dilma Rousseff Vamos levar até ela nossas propostas, como a ampliação do investimento público, valorização do trabalho e distribuição de renda, entre outros pontos", disse o presidente da CGTB, Ubiraci Dantas de Oliveira (Bira).

A concentração do ato será no Estádio Mané Garrincha, partindo em seguida em passeata até a Esplanada dos Ministérios.